Publicações

ALCÂNTARA, A.; GUEDES, B. (Org.). Comunicação e Infância: processos em perspectiva. São Paulo: Pimenta Cultural, 2017.

CARVALHO, B. J. de; MARÔPO, L. Tenho pena que não sinalizes quando fazes publicidade”: audiência e conteúdo comercial no canal Sofia Barbosa no YouTube“. Comunicação e Sociedade, v. 37, p. 93-107, 2020.

CARVALHO, B. J. de; PEREIRA, S.; MARÔPO, L. O hibridismo como estratégia de influência entre uma youtuber portuguesa e o seu público jovem. Media & Jornalismo, v. 20, n. 36, p. 41-54, 2020. 

CAVALCANTE, A. P. P.; COSTA, E. A. Políticas públicas culturais para as infâncias cearenses: anúncio de novos ventos?. Subjetividades, v. 20, p. 1-11, 2020.

CAVALCANTE, A. P. P.; SAMPAIO, I. V.; PEREIRA, G. C. Crianças youtubers e o exercício do direito à comunicação. Cadernos Cedes (UNICAMP) – Impresso, v. 41, p. 14-22, 2021.

CAVALCANTE, A. P. P.; SAMPAIO, I. V. Brincando de produzir audiovisual: A experiência da TV Casa Grande e a participação das crianças. In: Brenda Guedes; Barbara Janiques de Carvalho. (Org.). Infâncias, juventudes e debates emergentes em comunicação. 1. ed.: Pimenta Cultural, 2020, p. 380-399.

CRAVEIRO, P.; FERREIRA, D.; SENE, A. Adoção na passarela: sentidos em torno da exposição de crianças e adolescentes. Animus: Revista Interamericana de Comunicação Midiática, v. 19, n. 41, 2020.

CRAVEIRO, P.  Publicidade e infância: relato de uma experiência de literacia publicitária com crianças. Comunicação & Educação, v. 23, p. 171-183, 2018.

CRAVEIRO, P. S. U.; MARTI-PELLÓN, D. Exposición infantil a anuncios en webs de juegos de Brasil y de España. Comunicar, v. 23, p. 169-177, 2015.

DORETTO, J.; FURTADO, T. A “invasão” das crianças no discursojornalístico: a representação não desejada da infância. Revista E-Compós (Online), v. 21, n. 2, ID-1471, 2018.

DORETTO, J. A participação das crianças no jornalismo infantojuvenil português e brasileiro. Revista Famecos (Online), v. 25, p. 1/ID27327-26, 2018.

DORETTO, J. Pequeno leitor de papel. São Paulo: Alameda, 2013.

FARAH, A. M. Infância e violência: uma leitura dos jornais Folha de S. Paulo e O Estado de S. Paulo. RUA, Campinas, SP, v. 25, n. 1, 2019. DOI: 10.20396/rua.v25i1.8655546. Disponível em: . Acesso em: 21 maio. 2021Curitiba: Appris, 2019.

FARAH, A. M. Grande reportagem e especial multimídia: algumas considerações. In: Anais – IBERCOM – XIV Congresso Internacional Ibercom 2015. São Paulo: ECA-USP, 2015.

FARAH, A. M. Jornalismo e maioridade penal: um olhar para a cobertura do jornal Gazeta do Povo. In: Anais – Intercom – XXXVIII Congresso Brasileiro de Ciências da Comunicação, Rio de Janeiro, 2015.

FARAH, A. M. A representação visual da criança na imprensa brasileira: uma análise dos jornais Folha de S. Paulo e O Estado de S. Paulo. In: Anais do XXXII Congresso Brasileiro de Ciências da Comunicação – Intercom, 2009, Curitiba

FURTADO, T. H.; DORETTO, J. Criança cidadã?: os manuais de redação e as orientações sobre infância e adolescência. Mídia e Cotidiano, v. 14, p. 32-54, 2020.

FURTADO, T. H.; GARCIA, S. M. ; BRESSAN, V. R. A inclusão e a exclusão da voz das crianças na revista Veja. In: Encontro Nacional de Pesquisadores em Jornalismo – SBPJOR, 2020, Brasília. Anais do 18º Encontro Nacional de Pesquisadores em Jornalismo, 2020.

FURTADO, T. H. O Discurso Jornalístico presente na revista Recreio. In: XXXVII Congresso Brasileiro de Ciências da Comunicação (Intercom), 2014, Foz do Iguaçu (PR). Anais do XXXVII Congresso Brasileiro de Ciências da Comunicação, 2014.

GOMES BARBOSA, K. Leslie e Ofelia, meninas que ousam sair do quarto: espaço, feminilidade e corpo em Ponte para Terabítia e O labirinto do fauno. Revista Mídia e Cotidiano, v. 14, n. 1, p. 133-156, 2020. https://doi.org/10.22409/rmc.v14i1.38707.

GOMES BARBOSA, K.; CARVALHO, A. L. Quando crianças e adolescentes testemunham: trauma, perda e identidade no jornal A Sirene. Estudos em Jornalismo e Mídia, Florianópolis, v. 18. n. 21, 2021. https://doi.org/10.5007/1984-6924.2021.77172.

GOMES BARBOSA, K.; SOUZA, F. de. A solidão das meninas negras: apagamento do racismo e negação de experiências nas representações de animações infantis. Revista ECO-Pós, v. 21, n. 3, 75-96, 2018. https://doi.org/10.29146/eco-pos.v21i3.20239.

GUEDES, B. Publicidade e Infância: representações e discursos em uma arena de disputas de sentidos. In: BEZERRA, B. B.; GUEDES, B.; COSTA, S. A. da. Publicidade e Consumo: entretenimento, infância, mídias sociais. Recife: Editora UFPE, 2016.

GUEDES, B.; CARVALHO, B. J. de (Org.). Infâncias, juventudes e debates emergentes em comunicação. São Paulo: Pimenta Cultural, 2020.

JORGE, A.; MARÔPO, L.; CARVALHO, R. de. Sick Children and Social Media. In The Routledge Companion to Digital Media and Children, editado por Green, Lelia; Holloway, Donell; Stevenson, Kylie; Leaver, Tama; Haddon, Leslie, 414-423. New York, Estados Unidos: Routledge, 2020.

JORGE, A.; MARÔPO, L.; COELHO, A. M.; NOVELLO, L. Mummy influencers and professional sharenting. European Journal of Cultural Studies, p. 1-17, 2021. 

MARÔPO, L.; CARVALHO, R. de; JORGE, A. Childrens cancer narratives on YouTube: Agency and entrepreneurship in Brazilian CarecaTV. Global Studies of Childhood, 2020. 

MARÔPO, L.; JORGE, A. Literacia do YouTube para crianças e adolescentes: uma agenda de intervenção. In Infâncias, juventudes e debates emergentes em comunicação. editado por Guedes, Brenda; Carvalho, Bárbara Janiques de, 359-379. São Paulo, Brasil: Pimenta Cultural, 2020. 

MARÔPO, L.; JORGE, A.; TOMAZ, R. “I felt like I was really talking to you!”: intimacy and trust among teen vloggers and followers in Portugal and Brazil. Journal of Children and Media, v. 14, p. 22-37, 2020.

MONTEIRO, M. C. Crianças e consumo digital: a publicidade de experiência na era dos YouTubers. Curitiba: Appris, 2020.

MONTEIRO, M. C. Publicidade de experiência: o desafio de identificar a publicidade mesclada ao entretenimento em vídeos de YouTubers. Revista Famecos (Online), v. 27, Número único, p. 1-11, jan.-dez. 2020

MONTEIRO, M. C. A construção social de gênero para crianças através do YouTube. Revista Sociais e Humanas, v. 33, n.2, p. 9-24, 2020.

PRIMO, A.; MONTEIRO, M.C.; MATOS, L. Dimensões para o estudo dos influenciadores digitais. Salvador: EDUFBA, 2021.

TOMAZ, R. O que você vai ser antes de crescer: youtubers, infância e celebridades. Salvador: EDUFBA, 2019.

TOMAZ, R. Da negação da infância à invenção dos tweens: imperativos de autonomia na sociedade contemporânea. Curitiba: Appris, 2019.